sábado, 30 de abril de 2011

Saudades, Mãe. Saudades...


Tive a sorte de ter tido a melhor Mãe do mundo,
Que me gerou no seu ventre com tanto amor!
Nasci, fiquei logo a saber qual o valor,
De ter uma mãe santa, de um amor profundo!


Ensinaste-me a andar, a brincar e a correr,
Por entre braços, alegrias, infinitas.
Hoje, não sei dizer quais foram as mais bonitas,
Entre os sonhos que o Sol te fez desaparecer!


Ainda assim, com a porta fechada no céu,
Irei abraçar de novo o que foi teu,
Logo que a minha missão cessem verdades.


Mais de mil canções por ti cantadas ouvi.
E muitos mais de mil beijos eu os senti,
Que hoje mãe são saudades, Mãe. São saudades!

Soneto

Joellira

30.04.2011

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Seu Amor

Seu amor é minha luz, te amo pra valer..
Você vive nos meus sonhos sou louca por você
da um jeito e vem para mim me tirar desta solidão,
Vem me dar mais uma chance para aliviar meu coração,
Ai que saudade de você bate no meu peito e faz doer
Ai que vontade de te ver e fazer aquele amor gostoso com você
Seu amor é meu céu, meu paraiso foi você.
Nosso amor foi tão bonito não da para esquecer,
Larga este seu orgulho e vem trazer você para mim.
Quando eu tocar teu corpo não diga não diga sim e vamos viver
nosso amor.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Alma Triste

Sou refluxo de uma alma triste que quis de todas as formas
viver um sonho, mas a realidade me trouxe de volta a vida.
A melodia triste do vento me traz ao passado não muito
distante lembranças de um grande amor que com o tempo
simplesmente se perdeu.
Todos os dias me pergunto valeu apena ter vivido este
sonho? Quando eu não sabia sonhar?.
Tenho o coração sufocado e as vezes pede socorro
gritando incensantemente no meio da noite
num grito sem resposta por um grande amor que
ja se perdeu e so restou a saudades. 

John James Audubon - 226 anos






 John James Audubon (26 de abril de 1785 - 27 de janeiro de 1851) foi um ornitólogo francês-americano, naturalista, caçador e pintor. Pintou, catalogado, e descreveu as aves da América do Norte de uma maneira muito superior ao que tinha ido antes. Nascido na colônia francesa de Saint-Domingue (atual Haiti) e criado em França, como um jovem, em seu abraço da América e sua personalidade fora do gabarito e resultados, ele representava o novo povo americano dos Estados Unidos.

A arte de Audubon é realmente impressionante, repleta de cores e movimentos, sempre ambientada o mais próximo possível da realidade. Quem já tentou observar pássaros deve ter percebido que não é uma tarefa muito fácil capturar o movimento, então como Audubon conseguia reproduzir com tanta fidelidade os movimentos.

domingo, 24 de abril de 2011

Sonhar Contigo





Basta olhar nos teus olhos para enxergar
 além dos horizontes, basta tocar em teus
 cabelo para começar uma viagem,
 basta sentir teu perfume para os meus
 sentidos perderem pelos teus encantos,
Sinto-te tão perto e ao mesmo tempo tão distante,
Talvez seja apenas angustia de uma
sonhadora que busca esse amor perfeito..
É assim que te amo além de todas
as fronteiras, é assim que te respeito,  te busco
e me encanto de dia ou de noite,
 meus pensamentos te buscam e eu me entrego ao prazer de sonhar contigo...

sexta-feira, 22 de abril de 2011

24 de Abril Pascoa

 Que nesta Pascoa abra seu coração e
deixe que a fé e o amor façam erterna
moradia.
Feliz pascoa com chocolete no coração.

Feliz Pascoa

A Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo. É o dia santo mais importante do cristianismo. Depois de crucificado, o corpo de Jesus permaneceu durante três dias em um sepulcro até sua ressurreição, quando subiu aos céus para sentar-se ao lado direito de seu Pai e, então poder guiar-nos pelo caminho do bem com destino à vida eterna

terça-feira, 19 de abril de 2011

Roberto Carlos - 70 anos

Roberto Carlos passa hoje o dia de seu aniversário de 70 anos em São Paulo. Acompanhado da secretária Carminha, o Rei decidiu retornar à cidade onde vivia a filha, Ana Paula, e onde mora a maioria de seus familiares.
O show em comemoração ao aniversário de 70 anos do cantor Roberto Carlos, marcado para a próxima terça-feira (19), no Ginásio Alvares Cabral, em Vitória, no Espírito Santo, foi cancelado em virtude da morte de Ana Paula Rossi Braga Ferreira, de 47 anos, filha de Cleonice (Nice) Rossi, primeira mulher do Rei. Ana Paula, adotada por Roberto Carlos, por quem foi criada desde os 3 anos, era a filha mais velha do cantor.




segunda-feira, 18 de abril de 2011

Monteiro Lobato - 129 anos

José Bento Renato Monteiro Lobato (Taubaté, 18 de abril de 1882São Paulo, 4 de julho de 1948)[1] foi um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX. Foi um importante editor de livros inéditos e autor de importantes traduções. Seguido a seu precursor Figueiredo Pimentel ("Contos da Carochinha") da literatura infantil brasileira, ficou popularmente conhecido pelo conjunto educativo de sua obra de livros infantis, que constitui aproximadamente a metade da sua produção literária. A outra metade, consistindo de contos (geralmente sobre temas brasileiros), artigos, críticas, crônicas, prefácios, cartas, um livro sobre a importância do petróleo e do ferro, e um único romance, O Presidente Negro, o qual não alcançou a mesma popularidade que suas obras para crianças, que entre as mais famosas destaca-se Reinações de Narizinho (1931), Caçadas de Pedrinho (1933) e O Picapau Amarelo (1939).

sábado, 16 de abril de 2011

VOCÊ

Você pessoa querida que me fez dos meus
dias a pessoa mais feliz e hoje tudo que restou foi
saudades de você
O meu amor foi puro, verdadeiro, sincero e fiel.
Mas para mim continuas presente em minha vida,
em meu coração, pois tudo que toco ou vejo você
esta ali, a música que ouço  me tras  na lembraça
a sua imagem que chega machucar, espizinhar.
Estas presente porque mais e mais desejo sua
presença, teu corpo, teus beijos.
Me sinto presa, torturada, sufocada só tua
lembrança me conforta.
Te desejo mais e mais e quase enlouqueço se
te sinto distante.
Seria isso o verdadeiro amor?
Estas presente em mim minuto a minuto
a todo instante e mais e mais te desejo.
Você não sai dos meus pensamentos e nem do
meu coração, por onde ando tu estas presentes.

sexta-feira, 15 de abril de 2011














"A beleza
é a única coisa
preciosa na vida.
É difícil encontrá-la
Mas quem consegue,
descobre tudo."

Charles Chaplin - 122 anos

Biografia

Charles Spencer Chaplin nasceu no dia 16 de abril de 1889 às 20 horas, em um subúrbio de Londres. Sua mãe, Lili Harley, era atriz de comédia. Seu pai, também artista do music-hall, abandonou a família quando Charles ainda era pequeno. Um grave problema de laringite acabou com a carreira da jovem Lili Harley, obrigando Charles Chaplin a debutar artisticamente com apenas cinco anos de idade.
O teatro, muito freqüentado por soldados, não era propriamente um local "seletivo", mas foi onde o pequeno Chaplin pôde demonstrar pela primeira vez o seu grande talento para a interpretação.
Os primeiros anos da vida de Chaplin se passaram em orfanatos, e foi neles onde Chaplin encontrou todos os elementos que utilizaria mais tarde nos roteiros dos filmes que dirigiu e interpretou. Essa primeira etapa da sua vida não tinha o humor nem a ironia com a qual o cineasta sensibilizou o público do mundo inteiro.Felizmente, Chaplin acabou construindo a sua vida com a única coisa positiva que poderia ter herdado da sua família: a paixão pelo teatro. Graças a seu pai, comemorou o seu oitavo aniversário contratado por uma companhia de bailarinos chamada Eight Lancashire Lads. Pouco depois, a morte de seu pai e a internação da sua mãe em um sanatório marcariam a vida de Chaplin profundamente. Nessa época assinou seu primeiro contrato estável como ator, interpretando um mensageiro em uma versão de Sherlock Holmes. Com esse trabalho, melhorou sua situação financeira. Nesse mesmo ano conseguiu um emprego no Circo Casey, onde pôde desenvolver as suas habilidades cômicas. Já na primeira apresentação, conseguiu arrancar sonoras gargalhadas do público pela maneira desesperada com a qual recolhia as moedas atiradas à arena.
O adolescente Chaplin conseguiu um lugar na companhia do acrobata Fred Karno, apresentado por seu irmão Sidney. Karno, que fazia sucesso com espetáculos de mímica, chegou a ter cinco companhias, apresentando-se em todas simultaneamente. Chaplin rapidamente superou o artista Harry Weldon, com quem dividia o número e, em 1909, teve a sua primeira temporada em Paris.



glitters

quarta-feira, 13 de abril de 2011

SAUDADE

 Saudade  sombra que trilha por onde andou a paixão,
inevitável cedilha da palavra coração.
Saudade sino plangente que badala sem cessar dentro
d' alma e faz agente, não sei porque soluçar.
Saudade palavra linda, inventada pra dizer,
eu te quis, te quero ainda e sempre te hei de querer.
Saudade estrela que fica quando as outras já se vão, e,
ficando, modtificada a noite do coração.
Saudade febre que agente, sem querer, pode apanhar.
Nunca mata de repente vai matando devagar.
Saudade nem é preciso perguntar de onde ela vem,
basta lembrar o sorriso e os olhos que você tem.
Saudade, fim de um enlevo que perdi, não sei porque
pois tudo isso que escrevo são saudades de você.

A MORTE E OS MORTOS - Reflexão de Michel Crayon

Morrer é, ou deve ser, uma coisa natural embora se tenha sempre alguma dificuldade em entender a morte como tal. Sendo a vida, e o estar vivo o princípio geral e sendo a morte e o morto vitimas de uma ausência que se não manifesta no estado vivo das nossas vidas, é claro que morrer representa como que um afastamento da vida (seja ela dos vivos seja ela dos mortos) porque entre os dois campos (se houver dois campos) não há ligação nem diálogo. Ressalvam-se as poucas excepções em que o morto continua como que vivo na mente dos seus entes queridos, pela memória, ou por - como disse Camões - «se ter da lei da morte libertado» sendo que esta afirmação tem no seu conteúdo várias graduações. Há quem se liberte da lei da morte um pouco, muito ou bastante mas este facto, esta graduação, depende daquilo que ele fez em vida, do seu comportamento enquanto ser vivo, para se poder manifestar então entre os vivos: pela memória individual ou colectiva. E o morto, neste caso, como em todos, penso, é um ser incorpóreo: a gente vê a imagem mas mais importante que aquela imagem parada (em foto, estátua ou mesmo numa obra exemplar) é a memória daquilo que levou a que ele ascendesse a esse seu grau de imortalidade relativa. Porque a imortalidade, ela também, é relativa, como a não - imortalidade relativa: não tenhamos ilusões, enquanto vivos procuramos manter-nos vivos, temos alguma autonomia ou capacidade de decisão no processo, de nos mantermos vivos, mas depois de mortos nada podemos fazer neste mundo (dos vivos) para que a nossa morte se mantenha, se altere ou sucumba: são os outros que decidem por nós e nada há mais chato neste vida ou numa outra (se houver) do que depender dos outros para nos mantermos não vivos mas conservando, aperfeiçoando, limando ou eliminando a nossa imortalidade relativa. Esta objectividade total do morto memorialmente vivo é simplesmente total: mesmo que o morto, por mera hipótese pouco académica, quisesse refutar ou negar um aspecto do seu comportamento em vida que tenha eventualmente caído em desuso ou tenha começado a ser criticável ou que mesmo não tenha existido nada pode fazer mesmo que queira (supondo que tem querer). Assim, quando queremos analisar a «vida» de um morto, estamos também a analisar a nossa própria vida, de vivos, quando não estamos falsamente vivos: quanto mais próximos estivermos da incapacidade interventiva do morto mais próximos estamos da morte, da tal de morte natural ainda manifestada sob o estatuto de vivo. Portanto, e fazendo um ligeiro resumo agrupador, há duas formas de se morrer: uma, pouco sinuosa que se rege pelas lei dos calendários, dos eventos, dos acontecimentos e até dos acidentes, que é a morte necessária e que temos tendência a ignorar no seu percurso inexorável, e imparável por maior ou menor que seja a velocidade imprimida ao processo. Nasce-se, logo morre-se; eis a questão. Já a outra morte, que igualmente pode não ter culpa inserida, se divide em vários planos: as pessoas são meros autómatos sociais porque assim tem de ser ou são-no porque querem ou porque nada fazem contra isso. E este querer muitas vezes nem sequer é negligente: a pessoa aproxima-se do estatuto do morto porque acha que é a situação que mais lhe convém.


 Achei muito interessante este texto do Michel ele explica a morte em vários planos, mas a morte é um mistério que só morrendo para saber, quem parte não sente nada( ou sente?) a dor, a saudade é para quem fica. Temos muitas formas de morrer, mas a pior morte é quando alguém que gostamos muito nos mata dentro do seu coração, sentimos a mesma dor a mesma saudade de uma morte natural.

13 Abril dia do Beijo

terça-feira, 12 de abril de 2011

50 Anos do Homem no Espaço

50 anos que o homem foi enviado ao espaço. Em 12 de abril de 1961, o russo Yuri Gagarin se tornava o 1o homem a viajar pelo espaço - ele passou 1 hora e 48 minutos orbitando ao redor da terra no Vostok 1, quando disse a famosa frase - 'a Terra é azul'. Quase uma década depois, o homem dava os 1os passos na lua com o Apollo 11 ('pequeno passo para o homem, grande grande passo para a humanidade).
Yuri Gagarin e nasceu na Rússia, na época em que o país se chamava União Soviética. Naquele lugar, os viajantes espaciais recebem o nome de "cosmonautas", e Yuri foi o primeiro deles. Ele tinha apenas 27 anos.

domingo, 10 de abril de 2011

Amo-te Hoje Mais Que Ontem

 Hoje, amo-te ainda mais que ontem, você esta em tudo que vivo,
sua lembrança permanece viva em minha memoria.
O tempo não consegue apaga-la nem ao menos deixa-la destorcida.
Você vive em mim, a cada momento sinto como se você tivesse
acabado de partir mas a saudade que sinto de ti e essa distância que
nos separa não me faz amar-te menos.
Ao contrário, amo-te hoje mais que ontem e agora mais que a
pouco tempo atrás.
Tudo que vivi com você passa como um filme em minha memoria
sinto ainda teu cheiro suave, verdadeiro prêmio da natureza
sinto teus carinhos, teus beijos.
E hoje amo-te mais que ontem.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

AO AMOR DA MINHA VIDA

      Quis tanto nosso encontro e, cada dia que passava era como se
fosse ficando mais distante...
      Quis tanto você, amor da minha vida, tão esperado e sonhado
 que acho que me perdi nesta espera...
      Quis tanto, tanto você, meu amor, e não sabia se devia ir te encontrar
para te entregar tudo que guardei para você, amor...
       Quis tanto, meu amor, e agora me vejo sozinha, querendo, até parece
que quero um tesouro escondido de tão precioso que és...
       Sinto-me até incapaz de oferecer o que você procura já que só tenho
o meu amor para doar.
       Quis tanto e agora vejo que parece um sonho ou pesadelo.
       Por favor, não deixe que a inveja ou a cobiça atrapalhe este amor,
amor tão chorado, tão doido e tão esperado...
      Minhas forças já não estão suportando; quero correr para seus braços,
mas temo deles cair e não ter em quem segurar...
      Nem sei mais o que pensar só sei que te amo e vou pelo mundo
te amando.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Meu Amor


È tão grande o meu amor que adormeço com o meu
coração no teu, sonho com o teu coração no meu e desperto
na mais suave paixão.
Este amor que não há como medir o pulsar de meu peito,
como é lindo este sentimento tão suave e cristalino.
Que a orquestra não para de tocar para esta fascinante
magia. Ter-te em meus braços na mais pura emoção,
não desejo parar de sonhar, quero que todos os meus
sonhos contigo, realiza e para sempre, na tua vida estar!!

terça-feira, 5 de abril de 2011

BOM DIA !!!!!

"O tempo é o senhor de tudo e Deus é o Senhor do tempo.
Por isso não importa qual seja o tempo, pois Deus há de
fazer o tempo apagar o que o próprio tempo me fez sentir."(Prihzovisk)







INFORMAÇÃO

 Trate bem da sua boca


A Johnson & Johnson, em parceria com a empresa americana Anatomical Travelogue, produziu um vídeo com imagens inéditas da cavidade bucal, mostrando, pela primeira vez, o deslocamento das bactérias orais para o resto do organismo. A captação dessas imagens reais, macro e microscópicas, só foi possível graças a uma tecnologia de última geração e câmeras hipersensíveis capazes de demonstrar didaticamente como a saúde oral interfere na saúde global do corpo.

As informações que fundamentam o vídeo foram apuradas por pesquisadores das principais universidades americanas e por estudos epidemiológicos de pesquisadores europeus e brasileiros, que elucidaram dados recentes sobre a relação entre saúde bucal e sistêmica. Esta relação está mobilizando as mais importantes autoridades de saúde no mundo inteiro.

As cenas do vídeo, de três minutos, oferecem imagens que ilustram as evidências destes estudos (que relacionam saúde sistêmica com saúde oral), além de proporcionar momentos de deslumbramento com a visualização de processos e elementos jamais mostrados.

Podem  ver o video neste site:


http://www.jnjbrasil.com.br/listerine/default.asp?area=5#param



O AMOR

Um amor pode ser de vários tamanhos, pode ter várias formas, vários pesos, várias medidas... Pode ser profundo ou superficial, maduro ou infantil, pode passar como um tufão ou como uma brisa de verão, pode ser sentido ao longe ou bem pertinho... Um amor troca um beijo, um carinho, uma emoção, um afago, um perdão... Um amor troca confidências, troca juras, troca feitiço, troca dúvidas e experiências... Um amor pode sobreviver a distâncias e atravessá-las num segundo através do pensamento... Um amor produz sorrisos, momentos perfeitos, produz sonhos e insônias, produz palpitações, angústias, agonias e ilusões... Um amor verdadeiro se perde no tempo, caminha pelo passado, atua no presente, se encaminha para o futuro e adormece na eternidade... Um grande e verdadeiro amor ilustra noites enluaradas e dias ensolarados... Um amor tem sabores, às vezes doces, outras vezes amargos, mas todos sempre bem saboreados... Um amor pode iluminar a vida ou escurecer o coração... Um amor pode ser real, virtual ou transcendental, porém sempre será igual... Um amor pode ser impossível, improvável, mas pleno no coração... Pode ter testemunhas ou ser oculto e mesmo assim ser vivido intensamente... Um amor de verdade pode jamais se consumar e ser forte como uma rocha, profundo como o fundo do mar... Um amor pode ser arriscado, difícil, perigoso, inadequado, mas mesmo assim almejado e correspondido... Um amor pode sobreviver a intrigas, invejas, calúnias e sair vencedor... Um amor não fere e se ferir, assopra... Um amor pode ter muitas histórias, fabricar poemas, inspirar versos e canções... Um amor não tem perguntas, porque jamais necessita de respostas... Um verdadeiro amor pode subir montanhas, cair em precipícios, atravessar desertos, envolver-se em tempestades, afundar em oceanos e ainda assim sobreviver... Um amor comete loucuras, por vezes se arrepende e volta a cometê-las novamente... Um amor de verdade dá espaço, cede momentos, expõe idéias, lança argumentos, sem jamais violar sentimentos ou impor condições... Um amor pode escravizar-se e sentir-se livre... Um amor de verdade pode se perder na poeira do tempo, pode se desfazer através dos anos, mas sempre terá sido um amor imenso... Um amor só não suporta ser vivido, sonhado e mantido sozinho... Um amor precisa de outro amor para sobreviver, se assim não for, não terá sido um amor, terá sido apenas uma grande dor...



sexta-feira, 1 de abril de 2011

TE DESCOBRIR

Te descobrir nao foi fácil querido...
Mas desejar-te, querer-te e amar-te o foi... E é...
Amar você meu amor que chegou em minha vida
para bagunçar a minha alma e o meu coração...
      Feliz Chegada...
      Feliz Bagunça...
que é te-lo, presente dentro de mim....
Sem que eu tente explicar um amor que não tem lógica
nem se explica.... de forma racional....
Ah! confesso que te esperar foi e é duro de aguentar...
Saber que estas tão perto mas tão distante..
Sim querido um fogo que não se apaga acendeu-se
dentro de mim.. e ele  é igual a larva em brasa que sai de um vulcão
Que escorre, lentamente sem com nada, pela frente se importar...
Sim amar você confesso não foi e nem é fácil!
Pois só quem como eu sabe amar, sente a plenitude e a totalidade um amor...
Para dizer ao outro as palavras simples e sinceras:
          Eu te amo!
Sim para que dizer algo mais!
Se eu te amo ja diz tudo!
E assim nada mais precisa ser dito.

Bom Dia

MEU CANTINHO PREFERIDO

Minha foto
A Rádio Jovem FM Online é direcionada a todo tipo de público e com todos os generos musicais. Esse é um dos ingredientes aqui na Radio Jovem FM Online. Estamos sempre interessados no bem estar e lazer dos nossos ouvintes. Por isso, buscamos a cada dia mais motivos para agradar você ouvintes!! SEJAM TODOS BENVINDOS E SE SINTAM JOVENS!!!

Todos nós precisamos de Amor e Carinho




Gatinha

Frases para Orkut

Ocorreu um erro neste gadget