sábado, 9 de agosto de 2014

O Amor é Luz


O amor é Luz
Ao percorrer o teu rosto
com as minhas mãos veladas
deixo-te louco,pouco a pouco.
Adoro o teu porte,
como? não poderias tu,
ser o meu suporte.
Só o teu olhar é luxúria
dengosa...
Louca me deixas, ao toque
do teu pé no meu,
embriagas-me... com loucura.
Mata a sede em mim
--- Amor.
Eu sou água, que te liberta
o desejo.
As minhas mãos, que as tuas amam,
percorrem solenemente
o caminho da perdição.
Os teus poros, cada vez
se dilatam mais ...
Só p´ra mim, porque te amo!

Eternidade


Eternidade duma vida, o que será?
Olhando com os olhos da alma,
para dentro de mim,
descubro o circulo que me rodeia,
não tem forma... é indeferido
pergunto, o que sou eu ,
neste mundo ?
Onde nada é meu!
À noite, não reconheço as sombras,
o silêncio onde os mochos são visitantes
rasgam, gritos hediondos.
No meu quarto solitário,
o ambiente fresco,afaga-me
a ideia vã, da vida.
Volúpia do futuro.
Queima-me o sangue---
como relâmpagos,
que afloram a minha mente.
Delírio... o meu olhar, que a tudo ilude,
o facho da vela, aos poucos apagou.
Cresce a indecisão, renasce o clarão.
Os amantes, sobre o ar pesado da noite
bailam iluminados, como fantasmas
na erótica farra.
Paralelo,complexo, desconexo
este é o meu ser!...
Não tente entender.
Pronuncio, palavras mudas
afinal, faz parte do tempo que me resta,
para entrar naquele lugar,
do devaneio da festa.
Eu só sou um saltimbanco "disfarçado",
serei talvez... um mutante!...
Esse sou eu!... .



A Porta da Vida


A Porta da Vida
Bati à porta da vida
Varreu-se o que eu lá
Fazer iria,
Porque a porta estava aberta
Lá jamais alguém vivia.
Troquei a rota, e direcionei-me
A outra porta
Desta vez encontrei de novo
A porta aberta.
E... lá entrei.
Sentei-me num banco, e
Imaginei-me noutro local,
Local esse, que me enchia de
Imensa paz e muita harmonia.
Era o que eu necessitava
Naquele dia.
O cheiro era a mar,
Existia ali maresia,
Que me fez sonhar...
Ai ---aquele lugar!...
Mas... apesar da percepção
Estar alterada, ouvia sim!
Ouvia...
Todos os sons que por ali
Acontecia!
O vento assobiando, varrendo
A folhagem morta,
Que as árvores, forçosamente
No chão, iam abandonando!

MEU CANTINHO PREFERIDO

Minha foto
A Rádio Jovem FM Online é direcionada a todo tipo de público e com todos os generos musicais. Esse é um dos ingredientes aqui na Radio Jovem FM Online. Estamos sempre interessados no bem estar e lazer dos nossos ouvintes. Por isso, buscamos a cada dia mais motivos para agradar você ouvintes!! SEJAM TODOS BENVINDOS E SE SINTAM JOVENS!!!

Todos nós precisamos de Amor e Carinho




Gatinha

Frases para Orkut

Ocorreu um erro neste gadget