quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Contemplação…



 
 
 
 
 
 
É preciso tomar cuidado com a maneira que olhamos as coisas… As pessoas, as situações, o cotidiano. Nem tudo o que parece ser na realidade é. Mui...
tas vezes, resumimos a nossa aparência em um sorriso para que possamos deixar sair do nosso interior apenas o lado positivo, as coisas boas da vida… Afinal, por que mostrar o lado oculto? Aquele que não é tão bonito assim?

Algumas vezes, observamos pela janela da nossa alma e concluímos que o gramado do nosso vizinho é mais verde que o nosso, que seu jardim é muito mais colorido, que a sua vida se resume em tranquilidade e que, talvez, ele seja mais feliz do que nós, não tenha problemas, nem dúvidas, nem inquietações. Tudo isso se baseia na ilusão de um olhar que possui mais do superficial do que da realidade.

O ser humano só enxerga aquilo que quer ver. Não se importa (mesmo que não seja da sua conta) se o percurso feito pelo vizinho foi cheio de obstáculos, se para conquistar o seu gramado verdinho ele teve que retirar todas as pedras e entulhos do caminho, roçar mato alto, adubar o solo, tornar o terreno fértil. Ninguém viu o processo, apenas o resultado e assim fica fácil formar opiniões a respeito do quão cuidada e bonita é aquela grama.

Talvez ninguém tenha parado para observar as mãos calejadas do vizinho que precisou usar muito a sua enxada para retirar as ervas daninhas e só então começar a preparar o jardim. Ninguém viu as mudas crescerem e a luta que foi exterminar as pragas. Ninguém sentiu a emoção de ver a primeira flor desabrochar e inspirar todas as outras na primavera… O que foi visto foi apenas o resultado colorido da diversidade de espécies.

Não se sabe os percalços que o vizinho passou (e passa) no trabalho, na família, na vida ao longo do caminho. Talvez por isso, ninguém compreende que, ao final do dia, ele se sente em sua varanda para apreciar um bom vinho acompanhado de uma boa leitura… “Esse tem a vida que pediu a Deus!” – é o que dizem. “Quisera eu ter esse privilégio da sombra e água fresca!” – é o que pensam. Mas da vida dele, ninguém realmente sabe. Ninguém sente a pressão e o peso que ele carrega em seus ombros.

O fato é que todo mundo passa por isso. Ninguém tem essa vida glamourosa que muitos pensam, por mais que possa parecer. Não que se queira mostrar glamour sempre, nada disso… Mas expressar o que de melhor há em nossa vida, nessa trajetória divina, é inspirador… é o que ajuda na motivação para continuarmos a trilhar a nossa estrada. A única coisa que precisamos ter em mente é que nada é fácil, nada cai do céu pra ninguém e que, ao admirarmos o jardim majestoso do nosso vizinho, tenhamos a consciência de que foi preciso muito trabalho para ele crescer e são necessárias muitas doses de dedicação diária para que a beleza se mantenha.
 
Helena

A Força do Olhar



Os olhos são portais da alma!

Neste mundo, onde as pessoas vivem representando personagens, muitas vezes bem diferentes do que realmente são, o olhar jamais as deixa mentir...
Ultimamente, tenho pensado muito nisto e procurado observar mais atentamente o que os olhos que me fitam me dizem.
Inúmeras vezes, percebo que refletem tanta tristeza, profundo pesar, enquanto os lábios forçam um riso fingido e as palavras tentam demonstrar alegria.
Os olhos não mentem jamais.
É através deles que o amor verdadeiro se expressa, mesmo que o momento seja inconveniente.
A mágoa transparece, apesar do perdão pronunciado.
A tristeza inunda o ambiente de uma névoa pesada, mesmo que se esteja numa festa.
Tudo isto porque a nossa essência nos rege, apesar de nosso ego teimar em viver afastado dela, muitas vezes procurando copiar a vida de outros, a moda, tentando levar uma vida mais voltada para as coisas práticas e materiais.
Os nossos olhos falam.
Uma linguagem mais verdadeira, dificilmente expressa por palavras.
E nos contradizem completamente, quando não estamos sendo verdadeiros.
Através do olhar, amores de outras encarnações se reconhecem, embriagando-se no aconchego carinhoso e inexplicável de um instante mágico e eterno.
Amor à primeira vista... Encontro de antigos amantes que se reconhecem num instante fugaz, intraduzível e inexplicável!
Os olhos abençoam, amenizam a dor do outro, levam paz e alegria, mas também podem fazer muito mal, quando saturados de ódio, de raiva, de inveja.
É importante olhar... Quando alguém nos fala, quando alguém diz que nos ama, quando alguém nos conta algo, olhar cuidadosamente nos olhos nos transporta para algum lugar talvez muito diferente do que aquele para o qual as palavras estão tentando nos conduzir.
Mentir, trapacear é até fácil.
Há pessoas que são mestras nisto. Mas mascarar um olhar é impossível!
Os encontros eternos se iniciam com um olhar...
Instala-se, então, um saber interior, que a razão jamais poderá explicar e que perdura, independente das circunstâncias.
Qual de nós se esquece de um olhar amoroso recebido de alguém?
Aquela sensação gostosa, cálida, sempre será revivida, quando recordada.
Existe nada mais terrível do que um olhar de ódio, quando nos é dirigido? Um olhar de crítica? De menosprezo?
Enfim, é bom nos lembrarmos de que a boca podem mentir, mas os olhos as desmentem e revelam o que nossas almas sentem!

Maria Cristina Tanajura

O Poder da Palavra











Tanto as palavras que proferimos como as que pensamos ficam gravadas num mundo sutil, e têm o poder de influenciar profundamente a nossa vid...
a presente e futura.

O uso da palavra define o ser humano. Raramente, num instante de meditação, ficamos livres do pensamento. Uma das nossas características centrais é que falamos quase o tempo todo, não apenas com palavras físicas, mas também mentalmente. Quando não dizemos nada para os outros, estamos dizendo coisas para nós próprios. Quando não escutamos alguém, ouvimos dentro de nós a voz interior das esperanças e anseios que habitam nosso universo pessoal.

A fala, é muito mais do que um mero som ou uma seqüência lógica de pensamentos. É uma corrente magnética cheia de vida. Para o cachorro, a voz do dono desperta devoção e um sentido natural de obediência. Para a criança pequena, a voz da mãe dá tranqüilidade e a faz dormir. Para aquele que busca compreender a si mesmo, a voz da consciência é seu grande mestre.

A filosofia esotérica ensina que o mundo físico, com suas três dimensões, é rodeado por um universo invisível, eletromagnético e transcendente. Nessa quarta dimensão, as distâncias físicas não têm importância. Esse mundo sutil é conhecido como luz astral. Nele estão registradas as imagens de todas as coisas que passaram e as sementes das coisas que virão. É um espaço-tempo diferente, que rodeia e também interpenetra o nosso pobre mundo tridimensional. Ali as coisas podem deslocar-se na velocidade do pensamento.

Esse mundo oculto é influenciado decisivamente pela palavra. “No início era o verbo”, diz a Bíblia (João,1:1). E o verbo ainda hoje cria o universo humano. Todos os dias, pela manhã, reinventamos a vida. É sempre aqui e agora que criamos o nosso destino futuro, através das palavras que dizemos para nós próprios e para os outros. Cada pensamento e cada som é um mantra, porque detém um poder mágico de influenciar a vida de modo profundo. Eliphas Levi escreveu: “As vibrações da voz modificam o movimento da luz astral e são veículos poderosos do magnetismo”. (1) As vibrações do pensamento que não é falado têm o mesmo efeito.


O poder da palavra é enorme, portanto. Ela salva e condena, ilumina e causa escuridão, faz adoecer, cura e dá esperança. O pensamento correto leva à palavra e à ação correta, e disso surge a felicidade. Está escrito em “Provérbios”, um texto bíblico que transmite grande sabedoria:

“Uma resposta branda aplaca a raiva, uma palavra agressiva atiça a cólera. A língua dos sábios torna o conhecimento agradável, a boca dos insensatos destila ignorância. Em todo lugar os olhos de Deus estão vigiando os maus e os bons. A língua suave é árvore da vida, mas a língua perversa quebra o coração. (...) Os lábios dos sábios espalham conhecimento, mas o coração dos insensatos não é assim.” E poucas linhas mais adiante: “Abominação para Deus são os pensamentos maus, mas as palavras benevolentes são puras.” (2)

A palavra é a unidade básica do pensamento e da fala, e sempre chega ao seu destino. Ela produz um efeito eletromagnético, independentemente de nós sabermos ou desejarmos isso. Mas a parte principal do seu efeito se volta para nós próprios. As palavras que dizemos ficam gravadas em nosso inconsciente e se misturam ao nosso destino. Esta é uma lei inevitável, e por isso nossa vida é, de fato, resultado do nosso pensamento.

Uma das escrituras do budismo, ensina:

“Tudo o que somos hoje é resultado do que temos pensado. O que pensamos hoje é o que seremos amanhã: nossa vida é uma criação da nossa mente. Se um homem fala ou age com uma mente impura, o sofrimento o acompanha como a roda segue a pata do boi que puxa a carreta. (...) Se um homem fala ou age com a mente pura, a felicidade o acompanha como sua sombra inseparável.” (3)

O Novo Testamento (Tiago, 3:2-3) afirma: “Aquele que não tropeça ao falar é realmente um homem perfeito, capaz de refrear todo seu corpo. Quando colocamos um freio na boca dos cavalos, a fim de que nos obedeçam, conseguimos dirigir todo seu corpo.”

Assim como a cabeça do cavalo, a palavra vai na frente, abre caminho e define as linhas pelas quais o futuro será construído.


Bibliografia

(1) A Chave dos Grandes Mistérios, de Eliphas Levi, Ed. Pensamento, SP, p. 111.
(2) Provérbios, 15, 1-7, e também 15:26 no Antigo Testamento.
(3) Dhammapada, Caminho da Lei, tradução e adaptação de Georges da Silva, Ed. Pensamento, SP, p. 19.

MEU CANTINHO PREFERIDO

Minha foto
A Rádio Jovem FM Online é direcionada a todo tipo de público e com todos os generos musicais. Esse é um dos ingredientes aqui na Radio Jovem FM Online. Estamos sempre interessados no bem estar e lazer dos nossos ouvintes. Por isso, buscamos a cada dia mais motivos para agradar você ouvintes!! SEJAM TODOS BENVINDOS E SE SINTAM JOVENS!!!

Todos nós precisamos de Amor e Carinho




Gatinha

Frases para Orkut

Ocorreu um erro neste gadget